Neurologista Premium

Clínica Osaka

Neurologista Premium

Clínica Osaka

Neurocirurgiões

Médicos do Hospital Sírio Libanês

Médicos Especialistas atuando há mais de 15 anos, Proporcionando Soluções em

Dor e Coluna

Neurocirurgia 

Neurologia Geral 

Onde será seu atendimento

Consultório em Frente ao Hospital Sírio Libanês

Rua Dona Adma Jafet 50 Conjunto 101 – Bela Vista – São Paulo

Tratamentos Clínicos e Cirúrgicos

Perigos e Causas

As chamadas enxaquecas com aura são consideradas mais perigosas, pois estão associadas com o dobro de chance da pessoa ter um derrame (AVC). O tratamento preventivo da enxaqueca , pode evitar estes derrames.

Acredita-se que a enxaqueca seja causada por fatores ambientais e genéticos (cerca de 2/3 dos casos estão relacionados com parentesco. Se você é “enxaquecoso”, existe uma grande chance disso ter sido herdado de sua mãe. Quanto aos fatores ambientais, as crises de enxaqueca frequentemente são desencadeadas pela fome, alguns tipos de alimentos (como vinho tinto, queijos curados, chocolate, Aji-no-Moto), estresse, cansaço, estimulação luminosa (como faróis de carros, luzes piscantes) e noite mal dormida. Considerando-se a vida moderna nas cidades não é a toa que a enxaqueca seja tão comum. Tão comum que ela afeta cerca de 1 bilhão de pessoas no mundo todo.

Este fatores ambientais e genéticos de alguma forma atuam sobre os vasos cerebrais, causando a enxaqueca.

Possíveis consequências

Em algumas pessoas a frequência das crises é muito elevada, causando perda da qualidade de vida, transtornos do humor e perda de produtividade. Algumas pessoas até são demitidas do trabalho por causa de faltas frequentes relacionadas com as crises.

 

Tratamento e Resultados

Quando tratada adequadamente com especialista, uma pessoa que tenha 2 ou 3 crises por semana pode passar a ter apenas2-3 crises por ano!

Procure Sempre um especialista

A enxaqueca, longe de ser banal, deve ser investigada, pois pode mascarar um série de outras doenças (como tumores cerebrais).

A consulta médica também permite diferenciar uma enxaqueca de outros tipos de dor de cabeça (como a cefaleia em salvas, a neuralgia do trigêmeo), cujo tratamento pode ser completamente diferente

O Dr Flávio Miura e o Dr Joel Teixeira são especialistas neste tipo de tratamento há mais de 15 anos

Agende sua Consulta Agora pelo WhatsApp. Clique aqui

A hérnia de disco é uma das doenças que mais aflige o ser humano e é causa de muito sofrimento, perda da qualidade de vida e de dias de trabalho.

Importante saber que a cirurgia não é o único tratamento. Por isso é necessário avaliação com especialista preparado e atualizado neste tipo de doença.

Quando a Solução é a Cirurgia, existem duas formas: Tradicional e Minimamente Invasiva.

Os Neurocirurgiões da Clínica Osaka estão Habilitados com as técnicas mais avançadas e menos invasivas .

Cirurgia Convencional

Cortes na pele;

Retirada do Osso

Fixação de Parafusos;

Anestesia Geral

Fortes Dores no Pós Operatório

Afastar a Medula no Procedimento

Agravamento das Dores em Alguns casos

Recuperação pode levar dias ou meses

Se você não está convencido que precisa ser operado ou se sente inseguro em fazer uma cirurgia convencional, o tratamento por via endoscópica da hérnia de disco pode ser uma opção.

Método Inovador Minimamente Invasivo Via Endoscópio

Sem Cortes

Sem Parafusos

Anestesia Local

Rápida Recuperação

Minimiza muito dores pós operatório

Grande Probabilidade de eliminar totalmente as dores

Frequentemente a Alta Hospitalar ocorre no dia seguinte

 Com a evolução tecnológica ocorreu o desenvolvimento de instrumentos cirúrgicos e câmeras de alta resolução suficientemente pequenas e finas para que, profissionais altamente especializados possam realizar este procedimento avançado.

Enfim a Cirurgia Minimamente Invasiva costuma ser a opção mais segura e com menor risco de consequências como dor permanente após a cirurgia.

Dr. Joel Teixeira e Dr. Flávio Miura são médicos formados e pós-graduados (mestrado, doutorado e pós-doutorado) pela Faculdade de Medicina da USP e possuem Residência Médica e Título de Especialista em Neurocirurgia pelo Hospital das Clínicas.

Dr. Joel Teixeira ainda realizou aperfeiçoamento em cirurgia endoscópica na Universidade de Munique, Alemanha (Ludwig-Maximilians – Universität München)

Clique Aqui para agendar sua Consulta pelo Whatsapp

Nos últimos anos o tratamento para os problemas na coluna evoluiu enormemente.

A maioria das dores na coluna pode ser resolvida atualmente por uma série de técnicas minimamente invasivas feitas com anestesia local.

Artrodese Minimamente Invasiva

O sistema Sextant Horizon permite a colocação de parafusos de forma minimamente invasiva.

Entretanto em algumas situações a fixação da coluna por parafusos é necessária: tumores na coluna, canal estreito, fraturas, listese, para citar algumas situações. Mesmo assim é possível utilizar uma técnica minimamente invasiva para a colocação destes parafusos na sua coluna

Solução

O sistema Sextant Horizon permite a colocação de parafusos (artrodese) de forma minimamente invasiva. Por meio de pequenas incisões na pele, os parafusos são guiados em sua posição na coluna por técnica de neuroimagem e a barra que conecta os parafusos é colocada por meio de um engenhoso sistema de orientação. Não é necessário cortar e afastar os músculos da coluna vertebral. Assim o corte na pele é menor, a perda de sangue é diminuída, e a incidência de infecções é bem diminuída. Isto permite, sua Recuperação é mais rápida.

Os médicos da Equipe de Neurocirurgiões da Clínica Osaca, Dr Flávio Miura e Dr Joel Teixeira, são especialistas nesta técnica inovadora. Já proporcionaram retomada da qualidade de vida de muitos pacientes na mesma situação que você

Agende Sua consulta pelo WhatsApp Clicando Aqui

Recebemos muitos pacientes que sofrem de fortes dores após cirurgia de hérnia de disco pelo método antigo .

Felizmente conseguimos solução para a maior parte dos casos submetendo o paciente ao tratamento feito através da Epiduroscopia.

Uma das causas mais citadas da síndrome pós-laminectomia é o desenvolvimento de fibrose no local da cirurgia, podendo ocorrer também ao redor das raízes.

Vantagens da Epiduroscopia

Minimamente Invasivo

Anestesia Local

Sem agressão da coluna vertebral, usando orifício natural da coluna

Alta no mesmo dia

Elimina a Fribrose causada pela cirurgia convencional  de Hénia de Disco 

Clique Aqui para agendar sua Consulta pelo Whatsapp

“nevralgia do trigêmeo” ou “neuralgia do trigêmeo”

A dor que essa doença provoca é considerada uma das piores que o ser humano pode sentir.

Esta dor caracteriza-se por ser súbita e de forte intensidade, parecida com um choque, fisgada ou facada no rosto.

Pode ser desencadeada espontaneamente, por leves toques no rosto, golpes de vento, frio, escovação, comer, etc…

A neuralgia do trigêmeo pode ser causada por diversos fatores:

– Esclerose múltipla

– Tumores (como meningeomas e neurinomas)

– Cistos

– Herpes zoster (“cobreiro”)

– Compressão do nervo por uma artéria ou veia

Somente o Médico especializado no tema poderá descartar com segurança outras doenças, para então tratar adequadamente com as mais avançadas técnicas já descobertas pela ciência. Podendo assim Solucionar seu caso.

Você não está só!

A equipe de neurologistas da Clínica Osaka é associada às principais organizações mundias que estudam e tratam o tema. Estando assim, preparados para disponibilizar para você os mais avançados tratamentos para Nevralgia do Trigêmeo.

Saiba qual tratamento mais adequado para você!

Agende Agora sua Consulta pelo WhatsApp . Clique Aqui para Agendar

CUIDADOS ESPECIAIS

Porque os pacientes escolhem a Clínica Osaka

  • Medicina de última geração
  • Tratamentos de Vanguarda
  • Equipe atenciosa
  • Uso de tecnologia avançada no tratamento
  • Ambiente Agradável e Confortável
  • Especialistas em Cirurgias Minimamente Invasivas

Veja a Alta Tecnologia Empregada nos Tratamentos

Impressão 3D da coluna Vertebral

Utilizamos impressora 3D que permite olhar mais detalhado da coluna, proporcionando grande precisão na tomada de decisões, especialmente em casos de cirurgias. Diferente da imagem produzida pelos exames como tomografias, nos quais a visualização se dá no plano de 2 dimensões, a impressão em 3D permite a análise da coluna exatamente como ela é, em forma e tamanho reais. Permitindo alto índice de sucesso no tratamento

Tratamento por Radiofrequencia

Tratamentos por radiofrequência se baseiam no uso da energia gerada pela passagem de corrente elétrica no local a ser tratado, sendo um procedimento a ser realizado sem a necessidade de anestesia geral e sem cortes ou pontos na pele

Os procedimentos por radiofrequência são guiados por radioscopia, que é como se fosse um Rx contínuo. Assim o cirurgião pode enxergar o avanço da agulha e do eletrodo de radiofrequência em tempo real, como se fosse um filme.

A radiofrequência pode ser utilizada para o tratamento das

lombalgias

hérnia de disco

dores na coluna vertebral (cervical, torácica e lombar)

fissuras discais (dor discogênica)

dores articulares (como o ombro, quadril, joelho e sacro-ilíaca)

dores na sola do pé (fasciíte plantar)

e para outras neuralgias (como a neuralgia do nervo trigêmeo e neuralgia do nervo occipital)

Os procedimentos são realizados sem a necessidade de cortes, pontos ou anestesia geral. Normalmente o paciente pode receber alta do hospital no mesmo dia

Agende sua Consulta Agora pelo WhatsApp. Clique aqui

 

Epiduroscopia

O epiduroscópio é um aparelho que possui uma câmera em sua ponta que é conectada a um sistema de vídeo, permitindo ao neurocirurgião ver o interior do canal vertebral e guiar o aparelho até o local da cirurgia prévia.

O aparelho de epiduroscopia, assim como o endoscópio, pode se movimentar de uma lado para outro dentro do canal vertebral, desfazendo a fibrose e soltando a dura-máter no local da cirurgia.

Além de desfazer as áreas de fibrose, o aparelho também possui um sistema que realiza a injeção direta de anti-inflamatórios sobre o local de fibrose

A epiduroscopia permite investigar, diagnosticar e tratar a dor em pacientes já operados, sem expor o paciente aos riscos de uma nova cirurgia de grande porte e sem danificar a estrutura vertebral

Os riscos são mínimos se comparados com as técnicas convencionais. O paciente pode ter alta no mesmo dia na maioria das vezes.

Pacientes que foram operados e que pioram de suas dores na coluna após a cirurgia , podem ter significante melhora em suas dores. Em alguns casos são eliminadas completamente através da Epiduroscopia.

Agende sua Consulta Agora pelo WhatsApp.Clique aqui

 

Conheça a Equipe de Neurocirurgiões

Dr Flávio Key Miura | CREMESP 75.675 | RQE 21.776

Doutorado em andamento em Neurologia

2017 – Atual

Universidade de São Paulo 
Título: Avaliação Clinica e Genética das Paraparesias Espásticas Hereditárias,
Orientador: Fernando Kok
Palavras-chave: paraparesia espástica; HSP; SPG.Grande área: Ciências da Saúde

Especialização – Residência médica

2010 – 2013

Universidade de São Paulo 
Residência médica em: Neurologia

Bolsista do(a): Secretaria do Estado da Saúde, SES, Brasil. Grande área: Ciências da Saúde

Especialização em andamento em Neurogenética

2016 – Atual

Universidade de São Paulo 

Graduação em Medicina

2003 – 2008

Universidade de Mogi das Cruzes 

 

FORMAÇÃO COMPLEMENTAR

2008 – 2008

Extensão universitária em ACLS – Suporte de Vida Avançado em Cardiologia. (Carga horária: 18h). , Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo, SOCESP, Brasil.

2007 – 2007

Oncologia Cirurgica. (Carga horária: 193h). , Fundação Antônio Prudente, FAP, Brasil.

2004 – 2004

Extensão universitária em Epilepsia. (Carga horária: 18h). , Universidade de Mogi das Cruzes, UMC, Brasil.

  • II Curso de Emergencias Neurológicas. 2017. (Outra).

    XI Congresso Paulista de Neurologia. Neurosífilis: Diagnóstico clinico e laboratorial. 2017. (Congresso).

    I Encontro do Departamento de Neurogenetica da ABN.Leucodistrofia, deficiência intelectual e espasticidade com o diagnóstico ao alcance dos seus olhos. 2016. (Encontro).

    X Congresso Paulista de Neurologia. 2016. (Congresso).

    NeuCon – Controvérsias para Consenso em Neurologia. 2015. (Encontro).

    Simpósio de Genética Humana da USP (IBUSP). 2014. (Simpósio).

    Condutas em Neurologia – HCFMUSP. 2013. (Simpósio).

    IX Congresso Paulista de Neurologia. Neurossífilis. 2013. (Congresso).

    Neuro 2012: Neuroemergências e Neurointensivismo. 2012. (Outra).

    Encontro Neuroinfecção. 2011. (Encontro).

    Curso de Insulinoterapia Ambulatorial – NEAD. 2010. (Outra).

    VIII Curso de Educação Continuada em Neurologia da Clínica Neurológica do HC-FMUSP. 2009. (Outra).

    III Congresso Nacional das Ligas Acadêmicas de Clínica Médica. 2008. (Congresso).

    III Simpósio Brasileiro de Medicina Paliativa. 2008. (Simpósio).

    IV Congresso Internacional de Clínica Médica. 2008. (Congresso).

    IV Congresso Internacional de Medicina de Urgência. 2008. (Congresso).

    Simpósio de Morte Súbita UNICID. 2007. (Simpósio).

    VI Congresso Paulista de Neurologia. 2007. (Congresso).

    XXVII Congresso Médico Universitário de Mogi das Cruzes. 2007. (Congresso).

    Autismo: Implicações de uma teoria da Mente a Mente do Outro na Mente do Autista. 2006. (Outra).

    VII Encontro Brasileiro das Ligas Acadêmicas de Clínica Médica da SBCM. 2006. (Encontro).

    VIII Curso Introdutório à Liga de Pediatria da UMC. 2006. (Encontro).

    XXXI Congresso Brasileiro de Epilepsia. The Knwledge About Epilepsy Among Brazilian Dental Students: Do They Need More Attention?. 2006. (Congresso).

    I Curso “Como Deixar de Fumar” – IASD Vila Formosa.Mecanismos de Vício do Cigarro: Entender para Combater. 2005. (Outra).

    I Curso Introdutório à Liga de Dermatologia e Estética da FMUMC. 2005. (Encontro).

    II Curso Introdutório à Liga de Epilepsia da UMC. 2005. (Encontro).

    III Simposio de Oftalmologia para o Clínico. 2005. (Simpósio).

    IV São Paulo Research Conference: Cancer Today from Molecular Biology to Treatment. 2005. (Congresso).

    VII Curso introdutório à Liga de Oncologia de Mogi das Cruzes. 2005. (Encontro).

    XXV Congresso Médico Universitário de Mogi das Cruzes. 2005. (Congresso).

    I Curso Introdutório à Liga de Epilepsia da UMC. 2004. (Encontro).

    IX Reunião Anual do Dermatologistas do Estado de São Paulo – RADESP. 2004. (Encontro).

    VI Curso Introdutório à Liga do Trauma e Cirurgia de Emergência da UMC. 2004. (Encontro).

    Workshop “Toxicologia – Diagnóstico, Prevenção e Tratamento”. 2004. (Outra).

    XXIV Congresso Médico Universitário de Mogi das Cruzes. 2004. (Congresso).

    I Fórum de Ensino Médico – FMUMC. 2003. (Outra).

    II Jornada de Atualização em Genética. 2003. (Outra).

    I Jornada de Toxicologia Clínica da UMC. 2003. (Outra).

    IV Congresso Nacional da Associação Brasileira de Epilepsia – ABE. 2003. (Congresso).

    V Curso Introdutório à Liga do Trauma e Cirurgia de Emergência da UMC. 2003. (Encontro).

    VIII Reunião Anual do Dermatologistas do Estado de São Paulo – RADESP. 2003. (Encontro).

    XXIII Congresso Médico Universitário de Mogi das Cruzes. 2003. (Congresso).

Dr Joel Teixeira | CREMESP 73.479 | RQE 15.854

Médico graduado pela Faculdade de Medicina da USP;

Especialização (Residência Médica) em Neurocirurgia pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP;

Pós-graduação (Mestrado) em Neurologia pela Faculdade de Medicina da USP;

Presidente da MENSA do Brasil (2000-2007);

Médico-Neurocirurgião do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP;

Médico do Grupo de Dor do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP;

Médico do Grupo de Coluna do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

Clínica de Neurocirurgia – Dor – Coluna

Rua Adma Jafet, 50 Sala 101
Cerqueira César – São Paulo | SP. 
CEP: 01308-050

WhatsApp Agendar Consulta